Estresse Farmacológico

Escrito por Super User. Posted in Exames

  • Esse exame é um ecocardiograma que registra as imagens do seu coração sob condições críticas, ou seja, sob estresse. O estresse é induzido pela estimulação do coração através de esforço físico, exercícios ou medicação, como no caso do Ecocardiograma de Estresse Farmacológico.

    • Por que fazer um Ecocardiograma de Estresse?
    O exame tem por finalidades detectar a presença de isquemia, mostrando a extensão e distribuição desta, e avaliar o risco operatório de pacientes que irão submeter-se a cirurgias. O Ecocardiograma de Estresse também é realizado para a avaliação de pacientes que sofreram infarto, angioplastia e cirurgias de revascularização.

    • Como é feito o Ecocardiograma de Estresse Farmacológico?
    Chegando no Centro de Cardiologia, você se dirige à recepção, onde seus dados são tomados e você é encaminhado ao exame.
    No vestiário, você retira a parte de cima de sua roupa e coloca uma bata especial. Já na sala de exames, as técnicas-atendentes vão prepará-lo: você é deitado sobre o lado esquerdo do corpo, no seu braço e tornozelo direitos são fixadas presilhas com eletrodos, ligadas ao ecocardiógrafo. As técnicas também puncionam uma de suas veias do antebraço por onde, posteriormente, será ministrada a medicação. Além dos preparativos para o Ecocardiograma de Estresse, as técnicas vão prepará-lo para ser monitorado durante toda a realização do exame, prevenção necessária para garantir mais segurança aos pacientes. Serão monitorados os seus batimentos cardíacos, pressão arterial e o nível de oxigênio no sangue (oximetria). Você também estará permanentemente ligado ao aparelho de eletrocardiograma.
    Após a preparação, é feito um Ecocardiograma normal, que possibilitará ao cardiologista ter uma primeira visão do seu coração e tomar as medidas do órgão. A próxima etapa é o Ecocardiograma de Estresse Farmacológico. Através da Bomba de Infusão, aparelho ligado a uma de suas veias, a medicação é liberada em doses e intervalos de tempo regulares. A medicação estimula seu coração como se você estivesse praticando exercícios. As imagens do seu coração e reações a esse estímulo aparecem na tela e são registradas. A cada três minutos, são anotadas as variações da sua freqüência cardíaca, pressão arterial, registrado um eletrocardiograma e captadas as imagens ecocardiográficas. As imagens e dados obtidos com o exame permitem que o médico, ao compará-los com as imagens basais (obtidas antes do uso do medicamento), possa estabelecer um diagnóstico e quantificar a extensão do comprometimento cardíaco, que em determinadas situações, como no pós-infarto, tem valor prognóstico. Seu exame é gravado em disco óptico e vídeo para, se necessário, ser revisado posteriormente ou comparado com outros exames.

  • VIR ACOMPANHADO,
    Fazer 04 horas de jejum (água pode ser ingerida em pequena quantidade),
    Não ingerir café, chá, chocolate, coca cola e derivados nas 24h que antecedem exame,Caso o paciente tenha que tomar algum medicamento durante esse período ele deve tomar normalmente (e pode ser com água),
    A suspensão da medicação em uso deve ser orientada pelo médico assistente. Se não for realizada nenhuma recomendação especial, suspender apenas Beta-bloqueadores 03 dias antes do exame. São eles: Propranolol, Atenolol, Metoprolol, Nodolol, Pindolol. Nomes comerciais: Rebaten, Ablok, Atenol, Soloken, Selozok, Visken, Betalor, Nifelat, Neotonol, etc.
    Trazer os resultados de exames cardiológicos anteriores,
    Trazer relação de medicamentos de que faz uso,
    Chegar 20 minutos antes da hora marcada,
    O tempo de permanência na clínica será de aproximadamente 3 horas.